Uncategorized

Buenos Aires

Andei sumida por quase uma semana, eu sei.
Mas tenho um bom motivo: Estava de férias e fui viajar para Buenos Aires! 🙂

A viagem foi ótima, conheci lugares muito bonitos, cultura totalmente diferente da nossa.
E o melhor de tudo: Foi uma viagem super barata, o que é perfeito!

Claro que, como leitora assídua que sou, tinha que dar uma passadinha na maravilhosa livraria de lá, e vou mostrar para vocês como foi:
DSCF0377

Essa é a livraria El Ateneo Grand Splendid, fica localizada no bairro da Recoleta, pertinho do centro de Buenos Aires.
É uma das livrarias que todos deveriam conhecer em algum momento da vida, aliás, ela está no topo da lista do BuzzFeed “16 Bookstores you have to see before you die” .
A livraria como conhecemos hoje era, na verdade, o Teatro Grand Splendid em 1920, onde grandes nomes da cultura argentina se apresentaram, como por exemplo Carlos Gardel.
Quem inaugurou esse teatro foi o empresário cinematográfico Max Glucksmann (1875-1946), que identificou a oportunidade de abrir salas para espetáculos não só em Buenos Aires, mas também no Chile e no Uruguai.

A pintura do prédio Grand Splendid, inspirada pelo fim da Primeira Guerra Mundial, foi feita pelo italiano Nazareno Orlandi e cariátides (que são colunas esculpidas em forma de mulheres) criadas por Troiano Troiani.

A livraria El Ateneo, inaugurada em 2000, conta com cerca de 120 mil títulos de livros em seus “pequenos” 2000 metros quadrados, composta por 3 andares acarpetados e a pintura basicamente vermelha e dourada.
Onde podemos ver o palco, se encontra um café muito charmosinho, para que os clientes da livraria possam tomar um café enquanto decidem quais, dentre os 120 mil títulos, vão levar para casa.

O jornal britânico The Guardian também possui uma lista com as mais belas livrarias do mundo na qual a El Ateneo ficou em segundo lugar, perdendo apenas para a Boekhandel Selexyz Dominicanen, que foi montada dentro de uma igreja antiga e fica em Maastricht, na Holanda.

Aproveitando a minha passada por lá, comprei um livro que estava na prateleira de “Clássicos”, chamado “Las Aventuras de Reginald”, do autor Saki, pseudônimo de Hector Hugh Munro.

!2014-02-09 17.44.36

Assim que terminar de ler posto a resenha aqui para vocês!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s