Uncategorized

Melancia

melancia

“Foi demais da conta para Claire o dia do nascimento da sua filha. Ao acordar no quarto do hospital depara com o marido olhando-a na cama. Deduzindo tratar-se de algum tipo de sinal de respeito, ela nem suspeita de que ele soltará a notícia da sua iminente separação: “Ouça, Claire, lamento muito, mas encontrei outra pessoa e vou ficar com ela. Desculpe quanto ao bebê e todo o resto, deixar você desse jeito…” Em seguida, dá meia-volta e deixa rapidamente o quarto. De fato, ele sai quase correndo. Com 29 anos, uma filha recém-nascida nos braços e um marido que acabou de confessar um caso de mais de seis meses com a vizinha também casada, Claire se resume a um coração partido, um corpo inteiramente redondo, aparentando uma melancia, e os efeitos colaterais da gravidez, como, digamos, um canal de nascimento dez vezes maior que seu tamanho normal! Não tendo nada melhor em vista, Claire volta a morar com sua excêntrica família: duas irmãs, uma delas obcecada pelo oculto, e a outra, uma demolidora de corações; uma mãe viciada em telenovelas e com fobia de cozinha; e um pai à beira de um ataque de nervos. Depois de muitos dias em depressão, bebedeira e choro, Claire decide avaliar os prós e contras de um casamento de três anos. E começa a se sentir melhor. Aliás, bem melhor. É justamente nesse momento que James, seu ex-marido, reaparece, paea convence-la a assumir a culpa por te-lo jogado nos braços de outra mulher. Claire irá recebê-lo, mas lhe reservará uma bela surpresa…”

Este foi o meu segundo livro do ano, aproveitei que estava na praia e li rapidinho.
Já tinha ouvido falarem muito deste livro, tive bastante indicações e a minha curiosidade foi ficando cada vez maior, então resolvi ler logo para entender do que as pessoas estavam falando.

Com a sinopse acima já dá para ter uma boa ideia do que se trata o livro. Claire tinha acabado de dar a luz, e seu marido lhe contou que havia conhecido outra pessoa e que iria deixá-la para viver este romance.
Com 29 anos, depressão pós parto, quilos a mais e traída, Claire decide voltar para a casa de seus pais e esquecer James. Porém, não é tão simples assim, a depressão se apossou do corpo dela e nós, leitores, vamos acompanhar de perto como ela ficou, como reagiu.
Claire é uma garota sensível e insegura e, com a depressão, passa a ser agressiva e acredita não ter mais motivos para sair do quarto.
Mas passado algum tempo, ela decide tentar enxergar toda aquela situação com outros olhos e, claro, começar sua vida novamente e conhecer pessoas novas.

Para falar a verdade, criei muita expectativa em cima deste livro, e confesso que me decepcionei. Não que seja um livro ruim, isso definitivamente ele não é, porém não foi exatamente o que eu esperava.
É um livro narrado com muito bom humor, rende algumas risadas, mas ainda assim não entra para a minha lista dos melhores.

E, para quem se interessar, este é o primeiro volume da autora, Marian Keyes, e dizem também que os outros livros são melhores do que o Melancia.

Indico para quem quer passar o tempo e dar umas boas risadas.

E vocês? Já leram algum livro dessa autora? Gostaram?
Me contem nos comentários! 🙂

Anúncios

3 comentários em “Melancia

  1. Oi, pelo que eu ouvi falar várias pessoas gostaram desse livro devido o humor que a autora usou para abordar esse tema triste. E parece que é uma série de vários livros também, eu acho… Bom, adorei a sua resenha, porque nem sempre a gente vai gostar dos livros que for ler, quem dera na verdade né?!
    Até mais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s