Resenhas

Quem é você, Alasca?

quem é vc alasca

“Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras – e está cansado de sua vidinha segura e sem graça em casa. Vai para uma nova escola à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o ‘Grande Talvez’. Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young. Inteligente, engraçada, problemática e extremamente sensual, Alasca levará Miles para o seu labirinto e o catapultará em direção ao Grande Talvez.”

Este foi o meu terceiro livro do John Green. Como eu gostei muito de “A Culpa é das Estrelas”, decidi me jogar no mundo do Mr. Green e ler vários de seus livros, então vou contar um pouquinho sobre a minha experiência com “Quem é você, Alasca?”.

“Se as pessoas fossem chuva, eu era garoa e ela, um furacão.”

O livro conta a história de Miles Halter, o Gordo, que possui um hobbie totalmente diferente do que estamos acostumados a ver por aí: Ele coleciona últimas palavras de pessoas importantes. E ele está entrando em uma escola nova, um colégio interno chamado Culver Creek, onde ele cursará o Ensino Médio.

Mesmo sendo uma pessoa de poucos amigos, logo no primeiro dia ele conhece Chip, também conhecido como Coronel. O Chip é o seu companheiro de quarto, que passará a ser seu melhor amigo (e, para mim, é o melhor personagem da história toda) e fará com que Miles conheça Alasca, que é uma garota bonita e divertida, porém é também misteriosa e completamente bipolar
Além dos dois novos amigos, Miles também conhece Takumi e Lara, que passam a fazer parte do grupo.

Durante a história, todos os personagens vivem em festa, o que faz com que Culver Creek pareça uma escola daquelas séries americanas. Mas claro, se tratando de John Green, o livro possui a sua parte dramática, e então o enredo passa a seguir mostrando como que os personagens, mesmo tão jovens, vão conseguir lidar com desilusões amorosas, dificuldades nos relacionamentos e até mesmo com perdas, num estilo que só o John Green sabe fazer.

“Chega uma hora em que é preciso arrancar o Band-Aid. Dói, mas pelo menos acaba de uma vez e ficamos aliviados.”

Mais uma vez, sou obrigada a admitir que a forma de escrita do Mr. Green é excelente! É uma literatura dramática, divertida e moderna, tudo ao mesmo tempo. As gírias, palavrões e as palavras simples fazem com que a leitura seja leve e rápida.

A minha opinião sobre o livro? Não chega nem perto de “A Culpa é das Estrelas” tanto na emoção quanto no desfecho surpreendente. A leitura é agradável por ser fácil, porém não gostei da personalidade da Alasca, e nem mesmo do rumo que a história toma depois da metade do livro.
Acho que depois de ter gostado tanto do primeiro livro, devo ter criado uma expectativa gigantesca para os próximos e acabei me decepcionando.

Sei que essa opinião vai contra o que muita gente disse por aí, mas infelizmente este livro não me cativou.

Mesmo assim, consegui tirar algumas quotes do livro, que para mim são incríveis, como esta abaixo:

“Passamos a vida inteira no labirinto, perdidos, pensando em como um dia conseguiremos escapar e em quanto será legal. Imaginar esse futuro é o que nos impulsiona para a frente, mas nunca fazemos nada. Simplesmente usamos o futuro para escapar do presente.”

 

Vocês já leram este ou algum outro do John Green?
Contem como foi a experiência e a opinião de vocês nos comentários!

Anúncios

Um comentário em “Quem é você, Alasca?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s