TAG

TAG Doenças Literárias

DSC_0365Oi gente!

Não vou nem ficar falando o quanto estou relaxada com o blog, mas prometo que vou tentar manter uma rotina de posts por aqui daqui pra frente, até porque tenho MUITAS resenhas e MUITAS ideias para compartilhar com vocês.

E isso sem contar que, para o final de novembro, tem novidade vindo por aí! Ainda não vou falar nada para não me precipitar, mas vou deixar no ar aqui hahahaha

Na semana passada eu pedi algumas dicas de TAGs para postar no blog através do grupo Blogueiros Literários do Facebook, e essa TAG de hoje me chamou a atenção.

Doenças Literárias é uma TAG que foi trazida para o Brasil pelo blog Amount of Words e consiste em 9 doenças que serão representadas por um livro de minha escolha. Lá vai:

1. Diabetes: um livro muito doce.

Para essa categoria eu escolhi o livro Anna e o Beijo Francês, da Stephanie Perkins, em breve vou fazer a resenha para o blog, mas ele é um romance adolescente extremamente doce e fofo e cheio de detalhes e fofuras! Por mais que seja muito, muito doce, eu adorei!

anna e o beijo francês skoob

 

2. Catapora: um livro que você leu e não lerá de novo. 

Eu consigo pensar em vários, mas acho que os que vieram primeiro a minha mente foram os da trilogia Cinquenta Tons de Cinza. É uma leitura que te prende, mas não acrescenta nada dependendo do seu ponto de vista, então para mim foi uma leitura de uma vez só para nunca mais. (Resenha da trilogia aqui)

CINQUENTA_TONS_DE_CINZA_1339188103P


3. Ciclo Menstrual: um livro que você relê constantemente.

Eu já li todos os livros do Harry Potter 2 vezes cada um, e estou ensaiando para ler pela terceira vez. Ainda não comecei porque tenho muitos livros para ler aqui em casa, mas pretendo fazer isso logo logo. Então como tenho que citar um só, seria Harry Potter e a Pedra Filosofal, que é onde tudo começa, e onde eu me apaixonei ❤

HARRY_POTTER_E_A_PEDRA_FILOSOFAL_1389761588P

(e gente, ciclo menstrual não é doença!)

4. Gripe: um livro que se espalhou como vírus.

Sem dúvidas um livro que se espalhou pelo mundo afora foi A Culpa é das Estrelas, do John Green. Quem acompanha o blog sabe que eu tenho opiniões divididas sobre o Mr Green, mas esse foi um livro que eu realmente gostei, o primeiro que eu li, e o que fez com que eu lesse praticamente todos os outros dele. (Resenha do livro aqui)

A_CULPA_E_DAS_ESTRELAS_1383494915P 

5. Asma: um livro que tirou seu fôlego.

Aproveitando o clima de Halloween, um livro que me tirou o fôlego tanto por apreensão quanto por medo foi Os Sete, do André Vianco. Eu AMO esse livro, nunca fiz resenha, mas posso dizer que indico MUITO qualquer livro do André Vianco, porque ele é demais!

 OS_SETE_1344106932P

6. Insônia: um livro que tirou o sono.

Um livro recente que me fez passar horas e horas lendo foi Eleanor & Park. Eu me apaixonei pela história, tanto coloquei a capa do livro como tema do blog! É um livro lindo, com uma história encantadora e que, obviamente, te deixa preso a ele até a última palavra. (Resenha do livro aqui)

 ELEANOR_E_PARK_1391089893P

7. Amnésia: um livro que você não se lembra muito bem.

Há muito tempo atrás, por volta de 2009, eu li uns três livros da série Gossip Girl, e simplesmente não consigo me lembrar da história e nem dos personagens.

GOSSIP_GIRL__1230762162P 

8. Má nutrição: Um livro que você esqueceu-se de comer para ler.

Esse livro me fez parar a minha vida para conhecer a história de Charlie. As Vantagens de Ser Invisível foi um livro que me deixou sem palavras, foi com ele que aprendi o que era uma ressaca literária, e foi após terminá-lo que, pela primeira vez na minha vida, não conseguia parar de pensar na história que havia acabado de ler. É um livro lindo! E também tem a resenha aqui 

 AS_VANTAGENS_DE_SER_INVISIVEL_1384820686P

 

9. Doenças de viagem: um livro que leva para outra época/mundo/lugar.

Quando fiz o meu intercâmbio em Londres, comprei um livro lá (em inglês, claro) para ajudar a ampliar meu vocabulário, Noah Barleywater Runs Away (ou Noah Foge de Casa, em português), foi o livro que eu escolhi para me acompanhar nessa minha aventura, e por coincidência, ele foi escrito pelo meu favorito, o John Boyne. Recomendo muito este livro, em inglês mesmo, já que ele é super fácil de ler!

Para quem se interessar, eu encontrei para comprar no BookDepository  e também na Amazon 

 NOAH_BARLEYWATER_RUNS_AWAY_1406835528P

Essa foi a segunda TAG do blog, espero que tenham gostado!

Aos blogs que me seguem, sintam-se a vontade para responderem a essa TAG também! 🙂

E claro, se vocês tiverem alguma sugestão de TAG ou algum post que queiram ver por aqui, deixem nos comentários!

Até mais!

Anúncios

6 comentários em “TAG Doenças Literárias

  1. Hey, Naiade, boa tarde ^^
    Dos livros que escolheu, só li três, mas ouvi falar da maioria. Tenho muita curiosidade para ler os livros do André Vianco, assim como “Anna e o Beijo Francês”, ainda mais depois que uma amiga disse que lembrou de mim com a Anna. E Harry Potter, aaah, é Harry Potter, não? Também morro de vontade de reler, mas fico presa nos livros que ainda não li. Agora “GG” e Cinquenta Tons de Cinza eu não tenho a mínima vontade de ler :/
    Adorei a tag, recomendo a “Café com Sabor de Livros”, que respondi recentemente e achei bem legal :3
    Beijos e ótima semana!

    Resenha de “Os Três” no ar, não deixe de conferir ❤
    Confissões de um Leitor

    1. Oii!
      Nossa, os livros do André Vianco são DEMAIS! Ainda mais para esse clima de Halloween! hahaha
      E tanto “Anna e o Beijo Francês”, como o outro da autora “Lola e o Garoto da Casa ao Lado” eu devorei em 2 ou 3 dias cada um! Adorei a escrita dela!
      Vou dar uma olhada nessa TAG no seu blog!

      Obrigada pela dica e pela visita!
      Beijos!!

  2. Ah, adorei essa tag. Muito legal.
    “As vantagens de ser invisível” é sensacional! Eu já li duas vezes e pretendo ler muitas outras. A história é confortável e muito interessante. E eu me apaixonei pelos personagens.
    Também adoro “Anna e o beijo francês”, já li faz um tempinho e espero poder reler, pois a história é sim, muito doce e muito linda!
    Eu tenho a trilogia de “50 tons de cinza”, que eu ganhei de presente, mas não sei se irei ler. Estou adiando desde março… Ás vezes acho que seria bom para poder ter minha opinião, mas tenho muitas dúvidas.
    E “A culpa é das estrelas” é só amor ♥

    Beijão – http://thamirisdondossola.blogspot.com.br/

    1. Oi Thamiris!!
      Sobre “Anna e o Beijo Francês”, eu super indico o segundo livro da autora, “Lola e o Garoto da Casa ao Lado”, é uma história diferente (seguindo ainda a mesma linha de romance fofinho do primeiro livro), e em alguns momentos temos a participação da Anna!
      Achei muito fofo também!

      Obrigada pela visita!
      Beijos!

  3. Olá, Naiade!
    Eu já havia visto diversos blogueiros literários respondendo essa TAG, me parece realmente descontraída e bem divertida de ser respondida. Quando eu mal pensava em criar um blog ainda, e era bem novinha, via diversas TAGS em formas de vlog e simplesmente pensei que nunca conseguiria responder uma e que nunca conseguiria ter o blog, por motivos de: naquela época, eu tinha lido pouquíssimos livros. Hahahaha.
    Adorei cada livro que você citou em suas respostas, sua escrita é ótima de ser acompanhada e não cansa nem um pouquinho a gente que está aqui do outro lado da tela.
    Achei BELÍSSIMA a capa de “Noah Foge de Casa” na versão inglesa. Muito delicada. E.. uau! O Boyne é seu preferido? Que bacana! ❤
    Já li As Vantagens de Ser Invisível e para mim não foi aquele livro 5 estrelas, mas foi uma leitura muito, muito forte e que me prendeu, inevitavelmente. Fiquei sem reação após a última página.
    Com certeza A Culpa é das Estrelas virou quase uma febre no mundo todo em pouquíssimo tempo e até hoje eu me pergunto: COMO? Sabe, foi tudo muito rápido. Eu mal pisquei o livro já era conhecido por todos, eu fui dar um passo e já estava chorando mares com a Adaptação Cinematográfica! Várias Adaptações dos livros dele estão vindo por aí, não é? Não sei se irá render tanto comentários quando ACEDE, mas eu duvido muito. De qualquer forma, espero que seja bom. Gosto muito do John. Não é de longe meu escritor preferido, mas ele conseguiu me cativar com facilidade.
    Falo da minha opinião sobre Os Sete do André Vianco na última TAG que respondi. Cito vários outros livros lá, dá uma passada e confere!
    Seja bem-vinda. 😀
    Paula, Poetisa & Literária

    1. Oie!
      Nossa, eu tenho até hoje o mesmo pensamento! As vezes vejo algumas TAGs e penso se daria para adaptá-las para o formato do blog ou se, obrigatoriamente, algum dia terei que me render ao YouTube! hahahaha
      Eu sou completamente apaixonada pelo John Boyne! Não li todos os livros dele, mas os que eu li, me apaixonei!
      E sobre o John Green, tenho uma relação de amor e ódio, como já comentei algumas vezes aqui no blog. Gostei muito de ACEDE e de Cidades de Papel, e ODIEI O Teorema Katherine e Quem é você, Alasca? hahahaha Mas é inegável que ele virou febre no mundo inteiro. E eu estou ansiosa para a adaptação de Cidades de Papel nos cinemas! ❤

      Com certeza vou dar uma passada no seu blog! Adoro o André Vianco, é o meu autor brasileiro favorito! hahaha

      Muito obrigada pela visita!
      Até mais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s