Resenhas

Anna e o Beijo Francês – Stephanie Perkins

Editora Novo Conceito - 286 páginas
Editora Novo Conceito – 286 páginas

“Isto é tudo o que sei sobre a França: Madeline, Amélie e Moulin Rouge. A Torre Eiffel e o Arco do Triunfo também, embora eu não saiba qual a verdadeira função de nenhum dos dois. Napoleão, Maria Antonieta e vários reis chamados Louis. Também não estou certa do que eles fizeram, mas acho que tem alguma coisa a ver com a Revolução Francesa, que tem algo a ver com o Dia da Bastilha. O museu de arte chama-se Louvre, tem o formato de uma pirâmide, e a Mona Lisa vive lá junto com a estátua da mulher sem braços. E tem cafés e bistrôs — ou qualquer nome que eles dão a estes — em cada esquina… Não é que eu seja ingrata, quero dizer, é Paris. A Cidade Luz! A cidade mais romântica do mundo.” Anna Oliphant não está nada entusiasmada com a ideia de se mudar para Paris, já que seu pai, um famoso escritor norte-americano, decidiu enviá-la para um colégio interno na Cidade Luz. Anna prefere ficar em Atlanta, onde tem um bom emprego, uma melhor amiga fiel e um namoro prestes a acontecer. Mas, ao chegar a Paris, Anna conhece Étienne St. Clair, um rapaz inteligente, charmoso e bonito. Só que Etiénne, além de tudo, tem uma namorada… Anna e Etiénne se aproximam e as coisas ficam mais complicadas. Será que um ano inteiro de desencontros em Paris terminará com o esperado beijo francês? Ou certas coisas simplesmente não estão destinadas a acontecer?

 

Oi gente!
Sei que não cumpri a minha promessa de postar com mais frequência, mas neste post de hoje venho com novidades! Agora o Meu Querido Livro tem domínio próprio! \o/
Depois de bastante tempo ensaiando para comprar o domínio, finalmente comprei! Eu particularmente, estou super empolgada com esta novidade, e espero que mais coisas novas e boas possam vir daqui pra frente!

Mas vamos para a resenha. Eu vi muitas indicações deste livro e decidi comprá-lo na Bienal. Mesmo com tantas indicações, não coloquei as minhas expectativas lá em cima, para não me decepcionar. Mas hoje vou contar pra vocês o que achei, e já adianto que superou muito as minhas expectativas!

Anna Oliphant tem 17 anos e é filha de um famoso escritor americano, do qual ela se envergonha um pouco. Ela mora em Atlanta, tem uma melhor amiga, um “quase namorado” e um emprego.
A sua vida (e a história) começa a mudar quando seu pai decide mandá-la para Paris, para que ela termine seus estudos lá.  O único problema é que ela não foi consultada e sequer conhece a língua e os costumes franceses, por isso ela fica com raiva e até mesmo triste por ser obrigada a ir para lá.

“Quem manda os filhos para um internato? É tão Hogwarts. Só que no meu não tem feiticeiros bonitinhos, balinhas mágicas ou aulas de voo”

Logo em seu primeiro dia, em meio a uma crise de choro em seu dormitório, ela conhece Meredith, com quem passará boa parte do tempo e…. Étienne St. Clair, um garoto filho de francês, nascido nos Estados Unidos e crescido em Londres.

ThalinePinheiro

Posso dizer que St. Clair é bonitocharmosolindodivertidoapaixonanteromântico um cara muito legal e interessante, e que tem sotaque britânico!

“Eu adoro quando ele ergue uma sobrancelha quando digo alguma coisa que acha inteligente ou divertida. Adoro ouvia suas botas batendo no teto do meu quarto. Adoro que o acento no seu primeiro nome seja agudo, e que ele tenha um sotaque lindo. Eu amo tudo isso.”

Bom, como vocês já podem imaginar, a história gira em torno de Anna, St. Clair e toda a sua “turminha” de amigos, dando ênfase em relacionamentos e no quanto a cidade de Paris pode ser encantadora e cheia de lugares misteriosos.

“Eu a amo como certas coisas obscuras são amadas, secretamente, entre a sombra e a alma”

Esse romance é extremamente leve e relaxante. É um livro que te faz rir, chorar, suspirar, conhecer Paris e imaginar muito! Em alguns momentos eu senti vontade de entrar no livro e dar uns tapas na Anna, ou até mesmo em algum de seus amigos, ou simplesmente estar lá para conhecer todos aqueles lugares que o St. Clair mostra no decorrer da história.

Eu recomendo muito para as férias, simplesmente para passar o tempo com um bom romance e que seja rapidinho para ler (eu terminei de ler em 2 dias)!

“É possível que lar seja uma pessoa e não um lugar?”

Sobre esta edição, não tenho muito o que falar! Ela é linda! Cheia de detalhes, muito bem elaborada. A Editora Novo Conceito se preocupou em publicar um livro com qualidade alta com relação a margens, espaçamento, fonte… Eu adorei! E sem contar que eles mantiveram a capa da edição original, que é muito linda e delicada!

A autora Stephanie Perkins tem mais dois livros publicados: “Lola e o Garoto da Casa ao Lado” e o mais novo “Isla and the happily ever after”, que ainda não possui versão traduzida. Já posso contar que li o primeiro e também adorei! Em breve posto a resenha dele pra vocês.

Até mais!

Anúncios

15 comentários em “Anna e o Beijo Francês – Stephanie Perkins

  1. Olá, Naiade! Tudo bem? ❤
    Primeiro devo dizer que seu blog tem uma simplicidade que é super aconchegante e me fez ter vontade de vir aqui mais vezes.
    Bem, minha relação com Anna e o Beijo Francês é bem complicada. Eu também comprei esse livro na Bienal, estava tão baratinho. Além do mais, eu só escutava resenhas positivas como a sua sobre ele.
    Qual foi minha surpresa, até que paro para ler o livro em poucos dias e me deparo com uma narrativa que não me conquistou nada. Eu raramente deixo um livro metade. Por pior que seja, eu não consigo simplesmente abandonar a história. Mas com Anna e o Beijo Francês não foi bem assim. Eu não li as 10 primeiras páginas. Eu li até a metade em um dia só e busquei de verdade me conectar de alguma forma à toda a situação mas não consegui. Talvez parte disso seja porque eu não gosto muito de ler em primeira pessoa, e como você disse, deu vontade de entrar no livro e dar umas tapas na cara da Ana algumas vezes.
    Acho que o ponto alto para mim, seria as visitas à Paris que eu faria com a leitura ❤ Eu sou completamente fascinada pela Cidade Luz e por todo recanto e encanto que ela guarda. Deve ser maravilhoso ler isso e conseguir viajar para o lugar apenas em algumas páginas. Infelizmente não consegui me conectar a autora. Mas quem sabe eu dou outra chance para ela mais tarde? 😀
    Um beijo enorme! Resenha de escrita leve, me conquistou.
    Paula, Poetisa & Literária

    1. Oi Paula!
      Uau! Muito obrigada pelos elogios! Me sinto honrada por ter seguidores que gostam do que eu tento compartilhar de bom com vocês!
      Sobre a sua experiência com esse livro, eu já vi pessoas que também não gostaram, e isso por diversos motivos, por ser muito meloso, por não gostar da narrativa, ou simplesmente por não ter “ido com a cara” dos personagens, faz parte! hahaha
      Eu, particularmente, me encantei com o livro e com a autora, mas muitos best sellers que tanta gente adora por aí não me conquistaram também, é questão de gosto!

      Muito obrigada pela visitinha! 🙂
      Beijos!

  2. Primeiro, parabéns pelo domínio próprio! Também fico ensaiando, mas ainda não me decidi, quem sabe no ano que vem? Sobre o livro… Anna e o Beijo Francês é uma das minhas graaaandes paixões literárias e eu o amei pelos mesmos motivos que você. Antes de lê-lo, não tinha vontade de conhecer Paris, mas, desde então, comecei a querer, e muito. Gosto demais da escrita leve, mas ao mesmo tempo intensa de Stephanie Perkins, sou fã dela. Gostei de Lola e o Garoto da Casa ao Lado, mas acho que nem chega aos pés de Anna. Agora, Isla and the happily ever after é ooooutra história, fico bem dividida. Só para finalizar, li Anna em 2011 e estou louca para relê-lo ❤

    Beijos

    1. Oi Nádia!
      Muito obrigada! Eu também ensaiei muito para comprar, mas finalmente me decidi e estou super feliz hahaha
      Realmente, esse livro é muito fofinho, muito encantador! E também senti a mesma coisa, gostei muito de Lola e o Garoto da Casa ao Lado, mas me apaixonei mesmo pela Anna! Hahahaha
      Eu ainda não li Isla, estou super curiosa!!

      Obrigada pela visita!
      Beijos!

  3. Oi, Naiade!
    Eu tenho muita, muita, muita vontade de ler esse livro, porque ele parece ser muito amor. E não só por isso, mas porque uma das minhas melhores amigas disse que a Anna parece muito comigo, e aí acabei ficando curiosa, HASUIDHSAUIDHAUIDHASUI. Adorei sua resenha, ficou muito gostosa de ler e me deixou desejando ainda mais o livro. Parece ser aquele romance bem gostosinho, para relaxar entre uma leitura mais pesada e outra. Não sei quando conseguirei ler, acho que não tão cedo, mas espero também gostar :3
    Beijos e ótima semana!

    Resenha de “Princesa Mecânica” no ar, não deixe de conferir ❤
    Confissões de um Leitor

    1. Oi Liah!!
      Aiii eu nem tenho muito o que falar sobre esse livro! Ele é muito amor! Muito, muito mesmo! Eu adorei, de verdade…
      E é uma delícia para relaxar, após uma leitura mais chatinha ou mais rica em detalhes, os livros da Stephanie são perfeitos!

      Quando ler me conta o que achou!!

      Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s